loader image
Pesquisar
Close this search box.

Bloqueio de cadastros irregulares do Bolsa Família

Confira diversas informações sobre o Bolsa Família, lendo o nosso texto a seguir!

O Brasil é um dos países que possuem um índice de pobreza elevado, e diversos tipos e políticas públicas vem tentando reduzir estes números e trazer dignidade alimentar e social para várias famílias que estão inseridas na pobreza.

Uma dessas políticas públicas muito conhecida é o programa Bolsa Família, que como o próprio nome já diz, entrega bolsas com valores específicos para cada família necessitada como uma forma de auxiliar nos gastos básicos.

Hoje iremos falar para você algumas informações principais sobre o programa e, também, sobre uma ação do governo que pode impactar diversas famílias ao redor do país, o bloqueio de cadastros irregulares.

O que você precisa saber sobre o bloqueio de cadastros irregulares do Bolsa Família

bolsa familia internet 2

O que é o programa Bolsa Família?

Como já falamos acima, o Bolsa Família é um programa do Governo Federal idealizado e fiscalizado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, um ministério focado no desenvolvimento social do país.

Esse programa foi criado em 2003 com o foco principal em tirar o Brasil do mapa da fome, um mapa onde os principais países que possuem situações precárias no acesso à alimentação e ao desenvolvimento social.

O programa consiste em entregar valores e vales específicos para famílias que se encaixam na margem da pobreza e, também, famílias que vivem realmente na pobreza, situações que causam grande preocupação perante a dignidade social.

Com essa ajuda mensal do programa Bolsa Família, o país conseguiu grandes resultados na luta contra a fome e a miséria, saindo do mapa da fome e entregando alimentação, saúde e educação de qualidade a diversas famílias. 

Como funciona o programa Bolsa Família? 

Para que você saiba mais profundamente sobre este programa, vamos falar sobre como funciona todo o processo de admissão ao Bolsa Família e os valores que serão entregues à famílias necessitadas que se encaixam no público alvo. 

Cada município irá apresentar um responsável técnico do programa, que será responsável por tratar de todos os assuntos relacionados ao Bolsa Família e gerar dados para comprovação e pesquisas realizadas.

Existem três eixos principais no programa: a transferência de renda, condicionalidades e os programas complementares, cada tipo de eixo é focado em um público específico e as principais necessidades dessa família.

No caso da transferência de renda, é possível receber um alívio imediato da pobreza, ou seja, a família beneficiária irá receber os valores e vales que irão ajudar de maneira rápida e eficaz a saída da pobreza e da miséria.

As condicionalidades servem para entregar direitos básicos aos constituintes da família, como acesso à educação, saúde, saneamento básico, assistência social, entre outros, servindo como uma restauração da dignidade social.

Já os programas complementares servem como uma forma de recuperação da família, para que os responsáveis consigam sair da vulnerabilidade e voltar ao padrão que foi perdido por conta de algum problema.

Mais de 12 milhões de famílias brasileiras são atendidas pelo programa Bolsa Família, o que mostra a grande problemática do país em relação à pobreza, miséria e vulnerabilidade. 

Cadastros irregulares e bloqueios 

Por ser um programa que abrange milhões de pessoas, é possível que alguns golpes tenham passado pelas fiscalizações e entrado no programa sem a real necessidade, apenas para receber o valor mensal.

Esse principal motivo fez com que o Ministério responsável pelo programa realizasse novas etapas no processo de qualificação do programa, ou seja, as etapas servem como uma fiscalização mais rigorosa.

O processo de qualificação garante que ocorra a verificação de inconsistências nas famílias cadastradas, como na composição familiar e nos valores declarados para ser aceito como um beneficiário. 

Usuários com o cadastro irregular, ou seja, que apresentam inconsistências e falta de comprovações, irão ter o seu cadastro bloqueado para uma posterior análise e justificativa para tais problemas.

Para que seu benefício não seja bloqueado, é importante manter o cadastro sempre atualizado, passo que pode ser realizado através do CadÚnico, que pode ser modificado através do CRAS da sua cidade.

É sempre importante se atentar a qualquer tipo de modificação no seu cadastro, seja o recebimento de um salário mais alto ou alguma modificação na quantidade de membros na família, tudo deverá ser atualizado. 

Fique atento 

Se você é um beneficiário do Bolsa Família, para não perder o seu benefício fique atento aos prazos e às formas de realizar a atualização do seu cadastro, caso seja necessário.