loader image
Pesquisar
Close this search box.

Imposto de Renda: Saiba como declarar o seu IR de acordo com as novas regras!

Precisa declarar o Imposto de Renda em 2023? Então, confira as novas regras através do nosso texto!

A declaração do Imposto de Renda em 2023 é obrigatória para, aproximadamente, 40 milhões de brasileiros. Dessa forma, é preciso estar atento as novas mudanças do IR para não enfrentar problemas com a Receita.

A partir do nosso texto, confira as recentes alterações nas regras ficais do Imposto de Renda, além de algumas dicas para você declarar seu IR de forma correta e evitar problemas com o Fisco:

Confira as novas regras do Imposto de Renda 2023

Imposto de Renda 2023 novas regras

No Brasil, o Imposto de Renda é um tributo federal que incide sobre a renda e os ganhos obtidos pelas pessoas físicas e jurídicas. É regulamentado pela Receita Federal do Brasil e é uma das principais fontes de arrecadação do governo.

Existem diversas regras e condições específicas para a declaração do Imposto de Renda no Brasil, como a obrigatoriedade de declaração para determinados níveis de renda, a necessidade de informar fontes de renda adicionais, como aluguéis e investimentos, e a possibilidade de dedução de despesas com saúde, educação, previdência privada, entre outros.

A partir das recentes mudanças nas regras fiscais do Imposto de Renda, é necessário ficar atento na hora de declarar o IR, pois a margem de renda obrigatória foi alterada.

Saiba se você precisa fazer a declaração do Imposto de Renda

Para declarar o Imposto de Renda, é necessário fazer parte de um grupo específico. Desse modo, existem algumas regras que determinam a obrigatoriedade de enviar a declaração do IR. Confira quais são elas a seguir:

  • Rendimentos tributáveis: Se você recebeu salário, aposentadoria ou qualquer rendimento tributável acima de R$ 28.559,70 durante o ano, é obrigado a declarar;
  • Posse de bens: Caso você possua bens, como imóveis ou investimentos, cujo valor total seja superior a R$ 300 mil, é necessário fazer a declaração;
  • Recebimento de valores: Se ao longo do ano você recebeu um valor total acima de R$ 40 mil, seja por meio de salários, aluguéis ou outras fontes de renda, também é obrigado a declarar o Imposto de Renda;
  • Atividade rural: Se você obteve uma receita bruta na atividade rural acima de R$ 142.798,50 durante o ano, é necessário fazer a declaração;
  • Ganho de capital: Caso você tenha obtido ganho de capital na venda de bens ou direitos sujeitos à tributação, é necessário fazer a declaração do Imposto de Renda.

Confira quais foram as mudanças nas regras fiscais do IR

Dentre as novas mudanças nas regras fiscais do IR, a mais importante é a isenção para quem recebe até dois salários mínimos, ou seja, se você recebe até R$ 2.640,00 mensais, não precisará declarar sua renda.

Lembrando que, antes desta mudança, este público pagava imposto de renda mesmo com salários considerados baixos. Portanto, a partir da nova regra, estes contribuintes não são mais obrigados a pagar impostos.

Aprenda a fazer a declaração de forma certa

Para declaração seu Imposto de Renda corretamente em 2023, você deverá baixar o programa do órgão, no site da Receita Federal e reunir todos os documentos necessários para este processo, como comprovantes de rendimentos e notas fiscais de despesas que podem ser deduzidas. Confira o passo a passo de como declarar sua renda a seguir:

  • Reúna os documentos: Organize os documentos necessários, como comprovantes de rendimentos, informes de banco, recibos de despesas dedutíveis, informação sobre bens e direitos, entre outros;
  • Baixe o programa ou acesse o serviço online: Acesse o site da Receita Federal e faça o download do programa de declaração ou utilize o serviço online disponibilizado pela Receita;
  • Preencha seus dados pessoais: Insira suas informações pessoais, como nome, CPF, endereço e outras informações solicitadas;
  • Informe seus rendimentos: Insira os valores dos seus rendimentos, como salários, aposentadorias, aluguéis, ganhos com investimentos, entre outros. Utilize os informes de rendimentos fornecidos pelas fontes pagadoras como referência;
  • Declare as despesas dedutíveis: Informe as despesas que podem ser deduzidas, como gastos com saúde, educação, previdência privada, pensão alimentícia, entre outros. Tenha em mãos os comprovantes dessas despesas;
  • Informe seus bens e direitos: Declare seus bens, como imóveis, veículos, investimentos, contas bancárias, entre outros. Informe também eventuais dívidas relacionadas a esses bens;
  • Preencha as informações sobre atividade rural: Se você exerce atividade rural, informe os valores relacionados à sua produção, despesas e receitas obtidas;
  • Verifique inconsistências e pendências: Utilize as ferramentas de verificação disponíveis no programa para verificar inconsistências ou pendências na declaração. Faça as correções necessárias;
  • Envie a declaração: Após revisar e conferir todas as informações, envie a declaração por meio do programa ou serviço online.