loader image
Pesquisar
Close this search box.

Sicredi informa clientes sobre mudanças nos serviços em 2024!

A Sicredi, cooperativa de crédito, emitiu uma comunicação relevante aos seus clientes acerca do encerramento de um serviço importante.

A Sicredi, renomada cooperativa de crédito brasileira, anunciou recentemente aos seus clientes uma mudança significativa em seus serviços. A instituição comunicou o encerramento das transferências via Documento de Crédito (DOC) a partir do próximo ano.

A decisão segue uma tendência observada em outros bancos, que também descontinuaram essa modalidade. Neste artigo, discutiremos os detalhes desse comunicado, os motivos por trás da decisão e como os clientes podem se adaptar a essa mudança.

Sicredi descontinuará transferências via DOC em 2024

Sicredi informa aos clientes sobre mudanças nos serviços em 2024!

Através de notificações em suas plataformas, como o aplicativo, a Sicredi informou seus clientes sobre o fim das transferências via DOC a partir do ano seguinte. A cooperativa aconselha os usuários a se prepararem antecipadamente para essa transição, buscando alternativas disponíveis.

Alternativas disponíveis para os clientes Sicredi

Com o encerramento das transferências via DOC, a Sicredi destaca que outras opções permanecem à disposição dos clientes. Operações como transferências via Pix e TED continuarão a funcionar normalmente, oferecendo alternativas eficientes para a movimentação financeira.

Outros serviços oferecidos pela conta corrente Sicredi

Além das transferências, a conta corrente para pessoa física e jurídica na Sicredi oferece uma variedade de serviços, tais como:

  • Pagamento de boletos;
  • Liquidação de contas de consumo;
  • Fatura de cartão de crédito;
  • Cadastro de débitos em conta;
  • Agendamento de transações;
  • Aplicação e resgate de investimentos, entre outros.

Movimento setorial: Outras instituições que encerraram o DOC

A decisão da Sicredi segue uma tendência já observada em outras instituições financeiras. Bancos renomados como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander e Itaú também anunciaram o fim das transferências via DOC.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estabeleceu o prazo até 29 de fevereiro de 2024 para que todas as instituições encerrem essa função.

Sobre o DOC

O documento de crédito, mais conhecido como DOC, é um serviço utilizado no sistema bancário brasileiro para a realização de transferências de valores entre contas correntes de instituições financeiras distintas.

Essa modalidade de transação foi implementada como uma alternativa ao já existente sistema de transferência eletrônica disponível (TED), proporcionando uma opção mais econômica para transações de valores menores.

O DOC tornou-se uma ferramenta popular, especialmente para aqueles que necessitavam realizar transferências de montantes inferiores, uma vez que apresentava custos mais baixos em comparação com a TED.

Essa diferença de custos estava relacionada ao prazo de compensação do DOC, que geralmente ocorre no dia útil seguinte à realização da transação, enquanto a TED é compensada no mesmo dia. Entretanto, com o avanço da tecnologia e o surgimento de alternativas mais rápidas e eficientes, como o Pix, o DOC gradualmente perdeu espaço.

O Pix, lançado em 2020 pelo Banco Central do Brasil, trouxe consigo a capacidade de realizar transferências instantâneas, 24 horas por dia, sete dias por semana, tornando-se uma opção mais atrativa para os usuários.

A decisão de descontinuar o serviço DOC por parte de diversas instituições financeiras, incluindo a Sicredi, reflete essa mudança no cenário bancário. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estabeleceu um prazo para que todas as instituições encerrem a oferta desse serviço até fevereiro de 2024.

É importante destacar que a descontinuação do DOC não afeta outras modalidades de transferências, como a TED, que continua disponível para os usuários. Além disso, os clientes têm à disposição o Pix, uma opção mais moderna e ágil para realizar transações financeiras.

Em resumo, o DOC foi, por muito tempo, uma alternativa viável para transferências de valores menores no sistema bancário brasileiro. No entanto, com a evolução tecnológica e a introdução de serviços mais rápidos, como o Pix, as instituições financeiras vêm optando por encerrar o DOC, buscando oferecer soluções mais alinhadas às necessidades e expectativas dos clientes na era digital.

Conclusão

Em conclusão, a Sicredi, alinhada às transformações do setor financeiro, informa aos seus clientes sobre o encerramento das transferências via DOC. A decisão segue uma tendência nacional, impulsionada pelo avanço de novas tecnologias, como o Pix.

Os clientes são encorajados a explorar as alternativas oferecidas pela instituição e a se adaptarem a essa nova era de transações financeiras ágeis e seguras. A Sicredi reitera seu compromisso em proporcionar serviços modernos e eficientes aos seus associados.

Acesse agora nosso site e fique por dentro de todas as novidades.